Zona do Baixo Vouga ultrapassa limite de alerta de ozono

Zona do Baixo Vouga ultrapassa limite de alerta de ozono

1213
Dreamweb - Agência de Comunicação

Freguesias da Zona Litoral Noroeste do Baixo Vouga estiveram este Sábado acima do limite de concentração de ozono, obrigando a um alerta à população (a legislação estabelece um limite de alerta de 240 microgramas e um limiar de informação ao público de 180). Este gás pode provocar danos à saúde, especialmente nos grupos mais sensíveis da população como crianças, idosos, asmáticos, alérgicos e pessoas com outras doenças respiratórias ou cardíacas

Em comunicado, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro precisou que o excedente dos valores se registou entre as 12:00 e as 13:00 horas nas medições referentes à Zona Litoral Noroeste do Baixo Vouga. Esta abrange os concelhos de Albergaria-a-Velha, Estarreja, Murtosa, Ovar e algumas freguesias do concelho de Aveiro.

A exposição a este poluente afecta as mucosas oculares e respiratórias podendo o seu efeito manifestar-se através de sintomas como tosse, dores de cabeça, dores no peito, falta de ar e irritações oculares. Em caso de agravamento de eventuais sintomas a população deverá recorrer a cuidados médicos.

Fonte: Observador

Smartfire - Aquecimento e Climatização