“Devias ter ficado em casa a Lavar Louça” origina suspensão de dirigente...

“Devias ter ficado em casa a Lavar Louça” origina suspensão de dirigente do Clube de Albergaria

2150
Dreamweb - Agência de Comunicação

É um castigo inédito em Portugal! Pela primeira vez, o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol puniu um agente desportivo por discriminação de género. O agente em causa é José Carlos Bastos, treinador do Clube Albergaria, que foi acusado de “comportamento discriminatório” e “uso de expressões ou gestos grosseiros, impróprios ou incorrectos” e punido com três meses de suspensão.

Tudo ocorreu a 4 de Fevereiro num jogo do campeonato de futebol feminino com Valadares Gaia. José Carlos Bastos dirigiu-se à árbitra Ana Amorim e proferiu a seguinte frase “Devias ter ficado em cada a lavar a loiça, não mereces o dinheiro que ganhas.”

Após o jogo, já no acesso aos balneários, voltou a dirigir-se à líder da equipa de arbitragem: “Se quiseres o vídeo dá-me o teu mail para veres a m… que fizeste na segunda parte, vieste para aqui brincar connosco.”

O CD da FPF considera que o dirigente teve um comportamento “discriminatório” pelo que para além do período de suspensão, José Carlos Bastos foi ainda condenado a pagar uma multa de 1 020 € e a pagar as custas do processo.

Fonte: A Bola

Imagem: Freepik

Smartfire - Aquecimento e Climatização

Artigos similares