Freguesias

347

Segundo noticia o Correio da Manhã uma vaga de assaltos tem assolado recentemente o distrito de Aveiro. Segundo o mesmo jornal, a vaga Aveiro iniciou-se na passada Terça-Feira, com o ataque a uma idosa e ao filho deficiente, em Santa Maria da Feira.

Na Sexta-feira, foi assaltado o Centro de Saúde de Alquerubim, tendo sido furtado material diverso tal como papel higiénico, quatro aquecedores e duas impressoras.

Fonte: Correio da Manhã

445

O Pavilhão Polidesportivo de Angeja foi assaltado no passado fim-de-semana, num espaço temporal entre as 22h00 de sábado e as 8h30 de segunda-feira. A GNR foi imediatamente chamada ao local na manhã de 14 de Janeiro para fazer o levantamento da situação ocorrida.

Os assaltantes arrombaram o portão localizado nas traseiras e entraram pela área polivalente do edifício. Dentro do pavilhão, partiram seis sensores de movimento e destruíram a máquina de venda de comida e bebidas, tendo levado com eles alguns produtos e o dinheiro (moedas) que estavam na máquina.

Após a apresentação da queixa, o Município de Albergaria-a-Velha aguarda agora os resultados da investigação.

Fonte: CM Albergaria

498

O Município de Albergaria-a-Velha celebrou, na tarde de 12 de Dezembro, um contrato com a Administração Regional de Saúde do Centro IP no âmbito da nova Unidade de Saúde de Angeja. Enquanto o novo edifício não estiver concluído, a unidade de saúde vai funcionar em instalações provisórias a partir do dia 26 deste mês.

A localização temporária da unidade de saúde vai ficar no limite da freguesia de Angeja e Frossos, passando a ter maior centralidade na zona sul do Concelho. A capacidade do espaço, aliada a esta centralidade, vai permitir aumentar o número de utentes de 1600 para 3600, possibilitando uma alternativa assistencial a mais cidadãos, com a melhoria assinalável na acessibilidade aos serviços de cuidados de saúde primários.

Fonte: CM Albergaria

2021

A instalação de contentores pré-fabricados para  o funcionamento da extensão de saúde de Angeja motivou reticências do PSD, tendo o assunto sido levantado em recente reunião de executivo camarário. A mudança provisória deve-se à necessidade de fazer melhoramentos no edifício onde são prestados os cuidados de saúde.

O vereador António Almeida também alertou para as deficiências na recolha do lixo. O presidente da Câmara confirmou a insatisfação generalizada com o serviço prestado pela Luságua o que pode levar à rescisão do contrato por incumprimentos vários.

Fonte: Notícias de Aveiro

A nova via ciclável na Estrada Nacional 230-2, em Frossos, acompanha o percurso do Rio Vouga, está orçada em cerca de 150 200 euros. A obra tem um prazo de execução de 90 dias e integrará o Percurso Pedestre (PR4) da Pateira de Frossos.

A criação da via ciclável tem como objectivo promover a mobilidade sustentável e os modos alternativos de transporte, salvaguardando a segurança dos ciclistas.

A ciclovia vai resultar do alargamento da berma na margem sul da nacional, com a projecção do talude existente e sem diminuir a largura das faixas de rodagem. O troço vai ligar Frossos à freguesia de Angeja e terá uma largura de 2,5 metros, com pavimento em betuminoso colorido e passadiços de madeira.

Fonte: CM Albergaria

Antiga escola primária do plano centenário, situada no centro da cidade, será remodelada e ampliada para albergar um novo estabelecimento de ensino do 1.º Ciclo. As obras, orçadas em mais de 600 mil euros vão arrancar no início do mês de Julho, com um prazo de execução de 365 dias.

A Escola Básica de Albergaria-a-Velha, concebida para acolher o 1.º e o 2.º Ciclo da cidade, revelou ser insuficiente para receber todos os alunos das escolas que encerraram. Com o tempo, verificou-se que a escola já não conseguia proporcionar as melhores condições de ensino a docentes e crianças. Concebida para acolher 8 turmas do 1.º Ciclo, a escola albergou sempre mais do que 10 turmas.

Com a requalificação da antiga Escola Primária da Avenida, o Município quer criar condições para melhorar a rede do 1.º Ciclo no centro da cidade, aproveitando as valências existentes na zona envolvente – Jardim-de-Infância, IPSS, campo desportivo e Casa Municipal da Juventude – para constituir um pólo de educação de excelência. Pretende-se que o novo estabelecimento de ensino seja um espaço eficiente, confortável e com os padrões de qualidade hoje exigidos.

A intervenção engloba o restauro do edifício existente e a construção de um novo corpo, totalizando uma área de 834 metros quadrados, mais 460 metros quadrados do que o edifício original. No rés-do-chão, a escola terá dois átrios, duas salas de aula com espaço de educação plástica integrado, gabinete de atendimento, sala de educação plástica, hall/zona de circulação, instalações sanitárias para estudantes (masculinas e femininas), deficientes e adultos, vestiário/sanitário para pessoal não docente, sala polivalente/refeitório e copa. No primeiro piso, com acesso por duas escadas e elevador, haverá átrios e circulações, duas salas de aula com espaço de educação plástica integrado, instalações sanitárias para adultos, sala de educação plástica, gabinete de trabalho dos professores, sala de professores e biblioteca.
O recreio da escola vai ter uma área de cerca de 500 metros quadrados e com a integração das áreas do perímetro da escola, onde se inclui o recinto desportivo, as crianças vão poder usufruir de um espaço exterior total de 1445 metros quadrados.

Fonte: CM Albergaria

ÚLTIMOS ARTIGOS

error: Content is protected !!

Ao continuar a usar o site, concorda com o uso de cookies. Pode alterar as definições de cookies a qualquer altura. mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close