Destaques
Featured posts

380
CTT

O Tribunal da Relação do Porto (TRP) absolveu um homem e reduziu as penas a outros três arguidos condenados no Tribunal de Aveiro por vários assaltos à mão armada a quatro estações dos correios, uma delas em Albergaria-a-Velha e a uma instituição bancária.

Um dos três principais arguidos, que se encontram actualmente detidos, viu a pena ser-lhe reduzida de 15 para nove anos.

O TRP reduziu ainda para 13 e 14 anos as penas dos outros dois arguidos que também tinham sido condenados na primeira instância a 15 anos de prisão.

Finalmente o quarto elemento, que tinha sido punido com uma pena de seis anos de prisão por tentativa de assalto a um banco, foi absolvido de todos os crimes de que estava acusado.

Enquanto um dos indivíduos ficava no exterior, dentro do automóvel, pronto a arrancar, os outros dois entravam nos postos dos correios, um com uma pistola e outro com uma caçadeira, e roubavam o dinheiro que seria repartido por todos.

Em algumas situações os assaltantes terão chegado a ameaçar os clientes, dizendo-lhes para olharem para o chão, ou davam-lhes um tiro.

Fonte: Diário de Notícias

349

Na sessão solene do Dia do Município, que teve lugar na tarde de dia 16 de Fevereiro, a Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha atribuiu quatro Medalhas de Mérito Municipal às empresas Durit e Unimadeiras, ao Grupo Desportivo e Recreativo de Soutelo e a Mário Vidal da Silva.

António Loureiro, a cumprir o segundo mandato, lembrou que “o desenvolvimento económico tem sido uma das bandeiras” da actuação camarária, dando como exemplo a ampliação da zona industrial prevista na revisão do Plano Director Municipal.
Duas das “mais importantes” empresas locais, o grupo Durit e a Unimadeiras, foram distinguidas com medalhas de mérito municipal.

Fonte: Notícias de Aveiro
Imagem: CM Albergaria

368

O executivo apresentou na última reunião de Câmara a alienação em hasta pública do Lote 13 na Vila das Laranjeiras. A oposição PSD pretende impedir a venda a privados e consequente especulação imobiliária e propõe em alternativa a construção de habitação com custos controlados.

A próxima reunião da Assembleia Municipal está agendada para dia 22 de Fevereiro às 21h. A construção com custos controlados proposta pelo PSD seria destinada a jovens casais para aumentar a oferta imobiliária na cidade, de forma a fixar e atrair munícipes, contrariando o acelerado envelhecimento e diminuição da população residente.

Leia a notícia completa no Notícias de Aveiro

836

No âmbito das comemorações dos 184 anos do Concelho de Albergaria-a-Velha, a Câmara Municipal vai atribuir quatro Medalhas de Mérito Municipal a individualidades, empresas e colectividades locais, numa cerimónia a ter lugar no Edifício dos Paços do Município a 16 de Fevereiro, pelas 16h00.

As Medalhas de Mérito Municipal visam distinguir pessoas e entidades que, ao longo dos anos, têm contribuído para a melhoria das condições de vida da comunidade, através da acção social, do ensino, da cultura, da arte e do desporto, bem como na melhoria da qualidade de vida dos munícipes e para o aumento do prestígio do Município de Albergaria-a-Velha a nível regional, nacional e internacional. Na cerimónia de sábado vão ser atribuídas duas medalhas Grau Ouro, uma medalha Grau Prata e uma medalha Grau Cobre.

As medalhas de Grau Ouro vão distinguir duas empresas de referência do Concelho: a DURIT – Metalurgia Portuguesa do Tungsténio, Lda. e a Unimadeiras – Produção Comércio e Exploração Florestal, S.A.

Com a Medalha de Mérito Municipal Grau Prata vai ser distinguido Mário Vidal da Silva, antigo empresário, que desempenhou diversos cargos autárquicos e foi um elemento activo no associativismo local. Finalmente, como o Grau Cobre, vai ser distinguido o Grupo Desportivo e Recreativo de Soutelo, uma colectividade que em 2019 comemora o 30.º aniversário.

À noite, pelas 21h30, um concerto com Ana Moura encerra as comemorações do Dia do Município (concerto já esgotado).

Crianças conhecem “os cantos” da Câmara Municipal

Ainda no âmbito do Dia do Município, a Autarquia organiza, na quarta-feira, 13 de Fevereiro, um dia aberto, onde crianças do 3.º ano das escolas do Concelho vão ter a oportunidade de conhecer os diversos serviços da Câmara Municipal.

Na visita guiada, os alunos vão percorrer diversas divisões e serviços municipais, acompanhados por funcionários da Câmara, que lhes vão explicar o funcionamento da Autarquia. Uma das paragens é no Gabinete da Presidência, onde os alunos podem conhecer os membros do Executivo e colocar questões sobre as funções específicas do Presidente e dos Vereadores. Durante a visita será feita ainda uma breve apresentação sobre a fundação de Albergaria-a-Velha no século XII e a sua evolução até aos nossos dias.

O dia aberto insere-se na estratégia de promoção da História e Património Local e da Educação para a Cidadania, procurando sensibilizar os mais novos para o funcionamento da Administração Pública e para as formas de exercer uma participação activa.

Fonte: CM Albergaria

677

O parlamento chumbou, esta Sexta-Feira, os projectos de resolução do PCP, BE e PEV que recomendavam a eliminação das portagens nas autoestradas A23, A24 e A25 e também na A22.

Também as propostas para abolição na A24 e na A25 foram rejeitadas, ao merecerem votos contra do PS e de Paulo Trigo Pereira, abstenção de PSD e CDS-PP e votos a favor de nove deputados do PS e restantes partidos.

O projecto do PSD que recomendava ao Governo que desse cumprimento à resolução da Assembleia da República para estudo de uma alternativa ao “Pórtico do Estádio”, defendendo melhores interesses de Aveiro e acabando com uma grave injustiça para com os aveirenses foi aprovado, baixando à sexta comissão.

Já o deputado centrista eleito pelo círculo de Aveiro António Carlos Monteiro apelou aos deputados que reconhecessem hoje que se continuaria “a insistir na injustiça em Aveiro, com o “Pórtico do Estádio”, que se encontra “claramente na zona urbana da cidade”.

Fonte: JN

337

16 projectos de resolução sobre a abolição das portagens em parte da A25, bem como a deslocação do “Pórtico do Estádio”, em Aveiro.

A colocação de pórticos na A25, que liga Aveiro a Vilar Formoso levou a que muito do tráfego, principalmente o pesado começasse a circular pela EN109. A procura de estradas não portajadas como alternativa à circulação tem vindo a “condicionar fortemente outras vias”, cujo aumento no volume de tráfego “tem vindo a gerar filas de espera de quase uma hora para percorrer cerca de cinco quilómetros, e contribui para a insegurança dos seus utilizadores locais.

A A25, com uma distância de 190 quilómetros entre Aveiro e Vilar Formoso, demora a percorrer cerca de duas horas, enquanto a ligação entre essas duas localidades utilizando a EN 16 e EN 17, totalizando 234 quilómetros, demora mais de 4 horas.

Fonte: Notícias ao Minuto

ÚLTIMOS ARTIGOS

error: Content is protected !!

Ao continuar a usar o site, concorda com o uso de cookies. Pode alterar as definições de cookies a qualquer altura. mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close