Cultura e Educação

A inspiração é o veículo através do qual acedemos aos nossos poderosos recursos internos. Por isso, nada como assistir ao Inspiração Para Uma Vida Mágica (IVM), o famoso evento que já inspirou muitos milhares de pessoas em 17 cidades de 3 países. É que o IVM está de volta!

Porto, Guarda, Coimbra, Angra do Heroísmo, Braga, Albergaria-a-Velha, Pombal e Lisboa vão receber o Pedro Vieira e seus convidados numa organização da APDP e dos seus parceiros locais. 8 eventos de alto impacto, com receita 100% solidária e com um importante objetivo: inspirar as audiências a usarem ainda mais o poder da sua motivação!

Se já conhece o trabalho do Pedro, prepare-se para ser surpreendido pelo novo conteúdo. Se ainda não conhece, prepare-se para um estilo dinâmico e divertido, que recorre a histórias e metáforas para promover aprendizagens para a vida.

É já no dia 31 de Janeiro, quarta feira, que Albergaria-a-Velha alberga mais um evento mágico com Pedro Vieira.  A Soul4Biz – International Lda, em parceria com a Terapias – Saúde e Bem Estar, e o Município de Albergaria trarão a Inspiração para uma Vida Mágica 2018 ao Cineteatro Alba pelas 21:00.

O Pedro – um dos mais reconhecidos palestrantes e coaches do país – vai apresentar conteúdo absolutamente novo e elevar o seu nível de inspiração, motivação e energia positiva.

Afinal de contas, usando palavras do Pedro, “o desenvolvimento pessoal acontece quando alguém aprende a disponibilizar ainda mais os seus próprios poderosos recurso de forma informada e deliberada”. E é disso mesmo que este evento trata, ajudar pessoas a entenderem melhor o processo através do qual acedem aos seus recursos, através de práticas simples e eficazes.

Ao participar no IVM está a contribuir para importantes causas solidárias, a aprender mais sobre si e a ativar a sua inspiração e motivação. Uma combinação que vai fazer toda a diferença no arranque de 2018. Rumo à sua Vida Mágica!

A receita reverterá integralmente, para a instituição de solidariedade social APPACDM de Albergaria.

A reserva é obrigatória. Garanta já o seu lugar, reservando o seu bilhete através de mensagem privada ou através do e-mail: incubadora.empresas@cm-albergaria.pt 
Preço: 3€/ bilhete

08-01-2018
Fonte: Soul4Biz

O Vereador da Cultura do Município de Albergaria-a-Velha, Delfim Bismarck, revelou que o Arquivo Municipal está a proceder a um trabalho de inventariação das famílias Albergarienses através da compilação e cruzamento de diversos registos. “Em meia dúzia de anos esperamos ter a maioria da população cadastrada”. A afirmação foi feita na terça-feira, na cerimónia de comemoração do nono aniversário do Arquivo Municipal, onde estiveram presentes vários munícipes que celebraram protocolos de doação e cedência de documentação com a Autarquia.

Com o intuito de promover a preservação da memória coletiva e o estudo da História local, o Arquivo Municipal está a proceder ao levantamento de diferentes registos – registos paroquiais de batismos, casamentos e óbitos; registos de passaporte; encomendas de fotografias da Casa Foto Gomes; registos de velocípedes, motociclos e cartas de condução; fichas de funcionários da Fábrica Alba – de forma a poder construir um historial das pessoas e famílias que viveram em Albergaria-a-Velha. Com a compilação e cruzamento da informação, o munícipe pode recolher diversos dados sobre os seus antepassados, estabelecer relações entre as pessoas e saber “por onde andaram” os familiares, caso tenham emigrado. “O projeto do Arquivo Municipal é único no País, não existe mais nenhum com esta dimensão em termos de quantidade e variedade dos registos levantados”, salienta Delfim Bismarck.

Como tem sido hábito ao longo dos anos, o Arquivo Municipal aproveitou a data do seu aniversário para celebrar protocolos de doação e cedência, sendo que, este ano, foram doze os munícipes que disponibilizaram documentação variada ao Município. Entre o material cedido, é possível destacar fotografias do século XX de Albergaria-a-Velha, negativos em vidro e película com paisagens de Angeja dos séculos XIX e XX, a brochura inaugural do Cine-teatro Alba de 1950, documentação da Quinta do Fontão, de 1816 a 1935, e a encadernação de “O Arauto de Osseloa”.

O Presidente da Câmara Municipal, António Loureiro, agradeceu a generosidade dos munícipes pela partilha de diversos documentos que contribuem para aprofundar o conhecimento do Concelho. O autarca destacou ainda o papel do Arquivo Municipal no “potenciar da riqueza da nossa História” e na sua divulgação junto de diferentes públicos, em especial, dos mais novos. “As crianças têm gosto em conhecer mais sobre as suas raízes”, afirmou, e deu o exemplo de uma escola que, nas suas salas de aula, já tem fotografias da estátua da Rainha D. Teresa “inaugurada há apenas dez dias!”

Ao longo de 2017 o Arquivo Municipal tem dado continuidade à sua missão de tratar e disponibilizar a mais diversa documentação do Concelho ao público, em especial, através do seu portal, que já conta com 2055 utilizadores, que fizeram mais de 54 mil consultas desde a sua criação. Neste ano, foi concluído o trabalho de descrição das atas da Câmara Municipal dos séculos XIX e XX, bem como a inserção de todos os processos de obras particulares e vistorias incorporadas no Arquivo, de 1948 a 1996.

Em relação ao espólio fotográfico da Foto Gomes, constituído por 200 mil chapas em vidro e película, é de salientar o registo de mais de 120 mil chapas até à década de 1970. O processo de identificação das várias fotografias está a ser desenvolvido em parceria com os utentes da Misericórdia de Albergaria-a-Velha, tendo o projeto colaborativo sido reconhecido como uma boa prática pela Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas.

24-11-2017
Fonte: CM Albergaria

278

A Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha vai dar início, na próxima semana, à entrega do Manual de Utilizador do Aluno da Escola Virtual a todas as crianças do 1.º Ciclo do Ensino Básico da Rede Pública do Concelho. Com este manual, mais de 900 estudantes vão ter acesso gratuito a uma plataforma online com conteúdos pedagógicos, podendo desenvolver e aprofundar diversos conhecimentos e complementar as matérias lecionadas em sala de aula.

“O investimento em soluções modernas e tecnologicamente eficazes, para além da requalificação do parque escolar, tem sido uma aposta contínua deste Município, seguindo os desafios de uma sociedade em constante mudança e desenvolvimento”, refere António Loureiro, Presidente da Autarquia Albergariense. Para o Executivo, a aposta na Escola Virtual constitui um reforço do programa de ação social escolar, contribuindo para a melhoria dos resultados escolares e das capacidades de utilização das tecnologias e preparando os alunos e alunas para os desafios da aprendizagem formal e informal.

Através da plataforma online, as crianças têm acesso a manuais digitais, a recursos de preparação para provas e exames, a dicionários e podem testar os seus conhecimentos com diversos testes temáticos. Tendo em conta os resultados nestes testes, são sugeridos conteúdos adicionais para que o estudante possa melhorar o seu desempenho.

De forma a acompanhar os alunos e alunas na Escola Virtual e atribuir tarefas através da plataforma, a Câmara Municipal está a desenvolver ações de formação durante o mês novembro para cerca de 60 professores do 1.º Ciclo. Estão ainda a ser equacionadas ações com os encarregados de educação, na medida em que a Escola Virtual é uma ferramenta que pode e deve ser utilizada em ambiente familiar.

A Escola Virtual é uma plataforma concebida pela Porto Editora que reúne milhares de exercícios para as principais disciplinas do 1.º ao 12.º ano, organizados por tópicos de programa, que avaliam o conhecimento do aluno. Em função dos resultados, são sugeridas aulas interativas para a revisão da matéria, proporcionando uma experiência de estudo orientada para a aprendizagem individual e autónoma do aluno.

17-11-2017
Fonte: CM Albergaria

175

A Biblioteca Municipal de Albergaria-a-Velha inaugura no dia 9 de outubro, segunda-feira, pelas 18h00, a exposição “YETI – Youth Education Through Illustration”, que reúne trabalhos de ilustração desenvolvidos no âmbito de um projeto europeu que fomenta a troca de experiências entre ilustradores de vários países e jovens talentos.

Entre os dias 6 e 8 de outubro, a Associação Quinta das Relvas, na Branca, junta ilustradores internacionais com vontade de partilhar o seu conhecimento e experiência com outros ilustradores e entusiastas na matéria, num programa de educação não-formal alicerçado em duas componentes – conferências e oficinas. O projeto YETI visa fomentar a aquisição de novas ferramentas e perspetivas de ilustração através da troca de experiências e da realização de trabalhos práticos, que estarão depois expostos na Biblioteca Municipal até final de outubro.

Os cinco ilustradores/conferencistas convidados para o fim de semana YETI são Joana Estrela (Portugal), Prémio Internacional de Serpa para Álbum Ilustrado 2015; Daniela Viçoso (Portugal), Prémio Jovens Criadores 2016; Laura Fanelli (França), vencedora do 1.º Prémio It.a.cà 2013 – Ilustração; Tamara Garcevic (Itália), fundadora de “Love is Real”, o primeiro serviço do Mundo especializado em reportagem de casamentos através da ilustração; e Ausra Kindulaite (Lituânia), vencedora do prémio “Most Beautiful Lithuanian Book of the Year 2017”.

O projeto “YETI – Youth Education Through Illustration” é uma organização da Associação Quinta das Relvas e conta com a parceria do Município de Albergaria-a-Velha.

06-10-2017
Fonte: CM Albergaria

176

A biblioterapeuta viajante Sandra Barão Nobre vai estar na Biblioteca Municipal de Albergaria-a-Velha no dia 7 de outubro, pelas 16h00, em mais uma sessão “Conversa com…”. Após ter estado no Concelho para inaugurar a exposição “Acordo Fotográfico” em março, a leitora que gosta de fotografar pessoas a ler nos países por onde passa regressa para apresentar “Uma Volta ao Mundo com Leitores”.

A aventura de “Uma Volta ao Mundo com Leitores” começa em abril de 2013, quando Sandra Barão Nobre chega a casa depois de um dia de trabalho e abre o mapa-mundo no chão da sua sala. A intenção inicial da criadora da página Acordo Fotográfico (uma homenagem ao ato de ler) era visitar os países de língua portuguesa ou as regiões do mundo onde ela ainda sobrevive, como Malaca, Macau e Goa. Mas quando uma sua amiga decide participar na aventura, estendem a viagem para outros países do sudeste asiático, em particular, a Tailândia, Laos, Vietname e Camboja.

Quando Sandra Barão Nobre regressa a Portugal em finais de agosto de 2014, visitara catorze países e a sua vida mudara. Os textos que fazem parte de “Uma Volta ao Mundo com Leitores”, fragmentos do diário, entrevistas e narrativas de viagem, foram escritos a propósito dos leitores que a autora conheceu durante este longo périplo e dos lugares onde esses encontros ocorreram.

Sandra Barão Nobre nasceu em França, em 1972, e tem como grandes paixões as viagens e a leitura. Em 2011, cria o Acordofotografico.com e vai alimentando a página de Internet com as fotografias dos leitores que fotografa mundo fora, mas também em Portugal. Depois de regressar da volta ao mundo, obtém um certificado internacional de Coaching Practitioner e lança Abiblioterapeuta.com, um serviço de Biblioterapia. Aprender continuamente é o seu maior estímulo.

02-10-2017
Fonte: CM Albergaria

149

O Cineteatro Alba vai receber uma sessão especial de “Encontros com Letras” dirigida à população sénior do Concelho. No dia 4 de outubro, pelas 15h00, o autor Jorge Gameiro apresenta “Felicidade 100 Idade”, uma obra que aborda a temática do envelhecimento ativo e saudável. A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia para servico.social@cm-albergaria.pt.

Com prefácio de Ruy de Carvalho, “Felicidade 100 Idade” reúne informação prática e testemunhos sobre um dos maiores desafios da sociedade do século XXI. Como tornar as cidades mais amigas do idoso, como envelhecer de forma ativa ou quais os benefícios da abordagem holística para a promoção da saúde são algumas das questões levantadas.

O livro inclui ainda um conjunto de entrevistas feitas a organizações da área da saúde, onde são dados conselhos e recomendações para um envelhecimento saudável, bem como testemunhos de pessoas consideradas exemplos de envelhecimento ativo. O ator Ruy de Carvalho, o médico Gentil Martins e o cantor Marco Paulo são algumas das personalidades que partilham as suas reflexões.

O preço de venda ao público de “Felicidade 100 Idade” é de 10 euros e parte das receitas reverte a favor dos projetos desenvolvidos pela APpeas – Associação Portuguesa de Promoção do Envelhecimento Activo e Saudável.

02-10-2017
Fonte: CM Albergaria

Imóveis em Destaque

ÚLTIMOS ARTIGOS

385
Os humoristas César Mourão e Rui Unas, bem como a cantora Rosinha, considerada a resposta feminina ao Quim Barreiros, são alguns dos nomes confirmados...