Casal de Albergaria processa Hospital de Aveiro (HIP) por suposta negligência

Casal de Albergaria processa Hospital de Aveiro (HIP) por suposta negligência

2677
Dreamweb - Agência de Comunicação

Um casal de 25 anos Albergaria-a-Velha avançou hoje com uma queixa no Ministério Público e na Ordem dos Médicos. Bebé nasceu sem vida às trinta semanas e pais culpam o hospital de Aveiro por um “acompanhamento negligente da gravidez”, após uma redução do estômago. A mãe defende que devia ter sido considerada uma gravidez de risco com acompanhamento semanal.

No dia 20 de Março a gestante dirigiu-se às urgências do Hospital Infante D. Pedro por sentir menos movimentos fetais. Nessa ecografia foi detectado pouco líquido amniótico e anomalias nos batimentos cardíacos da bebé, tendo a mãe sido internada.

Com o risco da bebé nascer prematuramente a mãe foi transferida de urgência para Coimbra. Em Coimbra a equipa médica chegou à conclusão que a bebé estava em sofrimento. A bebé nasceu sem vida.

Fonte: JN

Smartfire - Aquecimento e Climatização